sexta-feira, fevereiro 05, 2010

O cego e o equilibrista

O cego anda rápido e certeiro, inspira segurança em um passo firme e compassado. Encontra a faixa de pedestres com destreza absoluta, para 10 segundos e começa a atravessar a rua.


O equilibrista em duas rodas sobe a rua com dificuldade, ofegante, em zig-zag  invade a via dos carros. Buzinas. Tensão. E lá vai ele nada equilibrado  encontrar a faixa de pedestres. Não para. Avança.


O equilibrista desequilibrado bate no cego, que por sorte não cai, continua firme e seguro. O ciclista segue em zig-zag. O cego para, levanta a bengala e grita virado na exata posição que o equilibrista avançou: "-É cego também?!". Retoma seu caminho com passos seguros, enquanto o desequilibrado equibrista segue seu zig-zag pelas ruas de Aveiro.

imagem daqui ó

Um comentário:

patiana disse...

adorei. da pra fazer uma analogia otima pra vida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...