sábado, janeiro 23, 2010

Retorno e correrias

Viajar para o Brasil é maravilhoso e voltar sempre é complicado: pela saudades que aparece mesmo estando por lá e por ter que engrenar no trabalho estando aqui.

Minha sorte é que a casa é uma das coisas que não preciso me preocupar, quando chego está sempre limpa, impecável, viva a dona Pureza!
Fome também não passo, fazendo a volta na quadra tenho um supermercado,  há menso de 4 minutos andando tenho o shopping com todas as coisas gostosas e engordantes que eu quiser, haja chuva, frio ou sol, é fácil e rápido.
A universidade sempre está andando quando chego, seja época de exames, fechamento ou início de semestre, e meu cantinho está lá, como eu deixei.
Outra coisa boa são os eventos de despedida de pessoas que mal conheço, eventos para todos que quiserem aparecer com sua bebida e muita disposição para uma longa noite de papo jogado fora, muitas risadas  e um retorno para casa "levemente alcoolizada". A propósito... a Sabrina, minha companheira de casa, é um doce de pessoa e acaba me arrastando por aí...

Como nosso mundo é praticamente um ovo (de codorna), ontem na festinha encontrei um quasi-oceanólogo da FURG por lá, o Luti,  um guri que faz oceano e está aqui com aquelas bolas santander, legal falar a mesma "lingua" com alguém, que como eu, ama os mistérios do mar e os braços abertos do Cassino...


São essas coisas que amenizam os dias torturantes de trabalho e a saudade do meu amor...

ps: queridíssimos amigos furiosos com essa que vos fala... escreverei um post pedindo mil desculpas e explicando pq não os procurei em Rio Grande, mas não esqueçam que amo vocês :)

5 comentários:

Léli disse...

É sempre difícil viver dividida entre dois mundos né? Mas o "esforço" de ficar um pouquinho longe de casa sempre vale a pena! O bom é chegar morrendo de saudades e ver que aqueles que amamos tanto estão ali, ansiosos pelo nosso retorno.

Definitivamente este mundo é um ovo de codorna!! =D
Bjoks
E bom retorno!!

.Kel. disse...

Põe mundo de codorna nisso!
Adoro ir para casa, o problema é sempre voltar... mas confesso que dessa vez as lagrimas derramadas foram em menor quantidade, com a expectativa da volta em breve :)

Beijos!

Mari disse...

Qndo tu volta pra gente poder bater em ti e depois te abraçar para matar as saudades? Vem pra cá em maio q tem CBO!!!!! Aí a gente faz um VIPS! Beijos!

filipe disse...

sempre linda!!!!!!!! saudades...

.Kel. disse...

São teus olhos filipinho!!!

Mari.. não posso ir na CBO :( triste isso... bjusss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...