quinta-feira, maio 06, 2010

Um cêntimo

As diferenças no dia-a-dia entre Brasil e Portugal sempre chamam-me a atenção. Quando vamos comprar qualquer coisa no Brasil é muito comum termos preços acabados em noventa e nove e raríssimas vezes obtemos o um centavo de troco. 

No Brasil usarmos moedas de um centavo é raro, arredondam para cima e para baixo o tempo todo: no supermercado, farmácia, restaurante... Sempre fico imaginando qual o valor que sobra no caixa do supermercado (pois deve sobrar, certamente eles arredondam mais para cima que para baixo) todos os dias.
A história por aqui é diferente: temos moedas de um cêntimo e as usamos! Hoje quando fui a farmácia, na hora que a moça foi me dar o troco pediu para eu passar ali um pouco mais tarde pois o caixa estava trancado e ela não tinha como pegar uma moeda de um cêntimo, falou isso toda cheia de dedos, pedindo mil desculpas.

Eu disse que não tinha problemas, mal sabe ela como funciona no Brasil. 
Sempre tenho moedinhas de 1, 2, 5 e 10 cêntimos que as uso com afinco .
Gostaria muito que no Brasil um dia isso acontecesse com todos...

4 comentários:

Leonardo disse...

Arredondam pra baixo? Nunca vi, acho que é sempre pra cima mesmo ;)

Aqui na Itália é como em Portugal, e eu também estranhei isso. Mas é um certo preciosismo. Para o consumidor não fazem falta um ou dois centavos. Há coisas mais graves com o que se preocupar. Para o supermercado (ou para o funcionário do caixa) sim, faz diferença, já que ele certamente lucra bastante com isso.

.Kel. disse...

Já recebi a mais sim!Algumas vezes tinahm que me dar 3 centavos e davam 5!

:)

Mari disse...

O q mais me indigna aqui no BR é qndo querem nos dar o troco em bala! Aposto q se eu chegar na padaria e quiser comprar pão pagando em bala não vão aceitar! Qnto Às moedinhas de um centavo, nem sei se elas existem mais...

.Kel. disse...

Pois é Mari e as balas NUNCA são boas :S heheh

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...