sexta-feira, maio 15, 2009

Conheça Madri em um dia...

Propostas insanas acabam sendo comigo! Fui acompanhar minha amiga colombiana a Madrid, e acabei conhecendo Madrid em um dia!

Céuss, corre-corre geral, comida boa, hostel simplérrimo e viagens a low-cost, quer mais? Bem na semana da explosão da gripe "porcina" e eu espirrando no aeroporto para desespero dos que sentavam próximos de máscaras! Divertido d+!!

Madrid é uma cidade de gente por todo lado, ótimos meios de transporte, bares aconchegantes e pessoas alternativas em vários aspectos. De se passar por uma criatura vestida de preto com asas de anjo e chifres de diabo em pelo centro, ou pela gravação de uma produção independente qualquer, ou ainda assistir a um show de mariates em plena Porta do Sol, pois é.. isso é Madrid.

O símbolo da cidade é um urso comendo um madrilenho em plena Puerta do Sol, pena que essa região (como tantas outras da cidade) está em obras, limitando a vista.

Com um mapa como esse (mapa madrid) que se encontra em qualquer canto, é fácil fácil andar por toda cidade. Mas... como nosso dia era curto, acabamos tomando um autobus turístico para diminuir distâncias e cobrir uma área maior da cidade.
A visita foi ao Palácio Real, todas as Puertas possíveis (Toledo, Alcalá, del Sol...), Jardim Botânico, Parque do Retiro, Museu del Prado, Plaza Mayor, Estádio Santiago Bernabeu, Catedral de la Almudena... a tudo que merecia uma visita imediata em pouco espaço de tempo.
Com o céu azul como estava Madrid ficou ainda mais aconchegante, com seu povo até mesmo simpático e com um espanhol que até eu entendia muito bem afinal não falam voando como os argentinos e uruguaios foi um dia mais que agradável!
Um fato que me admirou na cidade é a quantidade de casais homossexuais nas ruas, é gigante, sem nenhum preconceito de mãos dadas ou aos beij os, tudo perfeitamente normal. Outro fato é em uma das ruas perpendiculares a Gran Via, a Calle de la Montera é lotada de prostitutas de todas as idades e culturas pelo que me pareceu 24 horas por dia, da manhã a noite existem muitas (mas muitas mesmo) mulheres esperando por clientes em pleno centro da cidade, e diga-se de passagem que a maioria eram mais velhas e bem acabadinhas, mas em pouco tepo nesta rua percebíamos que sempre alguma acabava por sair acompanhada.

Faltou muito o que conhecer em Madrid: faltou assistir um show de flamenco, ou comer tapas e tomar uns burritos, mas assim fica a vontade da volta... bem me breve :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...