quinta-feira, abril 23, 2009

Brasil - parte II

Nada como estar em casa com pessoas queridas, família e grandes amigos... foi assim minha estadia em Rio Grande, com direito a bife à milanesa da mãe, churrasco, xis, cachorrão da Carminha e algumas cervas.

A mudança na minha vida me fez perceber que algumas coisinhas que sempre quis perto realmente me fazem falta, tais como:
caminhar na praia,
pedalar com a Laís,
um churras de domingo,
ir ao supermercado encontrar pessoas conhecidas,
brincar com meus cachorros,
estar na minha casa com as minhas coisas,
tomar café da manhã com a Deie,
cortar a grama e arrumar o jardim...
Talvez muitas pessoas achem idiota esse apego as minhas coisas, dizendo: "-Tu tá na europa!" , mas acredito que me achem idiota só por ainda não terem seu canto em lugar nenhum, por trocar um quarto em um ap por um outro em outro canto qualquer e assim ficar sorteando a vida por anos e anos.. sem ter o seu canto mesmo... eu tenho o meu e um dia quero voltar para lá...

Estar em casa significa muito...

Bom, quando cheguei fui recepcionada pela família na rodoviária com direito a conhecer o Eros, o novo cachorrinho da Laís. Muito querido!
Fui dormir na minha casinha e com minha Malinha, com uma passada antes para comer um bom bauru de filé com ovo :) Nessa noite o que faltou foi o Thunder chegar lá.


Corre-corre geral no segundo dia: cabelereiro, pois ninguém merece ficar tantos meses sem um bom corte e luzes para ficar feliz! Almoço de família na mãe, que estava toda feliz...
Encontrar as afilhadas foi ótimo, fizemos desde almoços simples até passeios de caça ao coelho: eu, Laís, Carminha e Audrey, como é bom ter vocês pertinho!

Um dia de Larus, um dia de Festa do Mar, alguns dias de praia, visita a poucas pessoas (não sou de estar visitando não), recebi boas visitas: dinda, Pat, pai, tio Beto e vários amigos.


A dinda e a Pat nos acompanharam no jantar do Espelho das Aguádas e depois no domingo tivemos churras com direito a banho de piscina (é minha casa tem piscina agora ;)) Tão bom comer um churrasquinho, com uma cervejinha e ficar deitada no sol... como isso me faz falta...








Entre outras atividades também teve churras com a ADM, meus grandes queridos amigos :) Negão, mais que querido organizou, comprou e assou o churras, um motivo para reunir as pessoas queridas... Pena que tudo foi tão rápido... mas com direito a muito carinho de todos... a saudade já bateu novamente... quero voltar em breve...


E como diria a Dorothy: " Não há lugar como a nossa casa"


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...