sábado, junho 07, 2008

As Time Goes By

As Time Goes By é a música tema do filme Casablanca, de 1942, composta por Herman Hupfeld.

Desde sua autoria, a música sofreu inúmeras regravações, nas vozes de artistas como John Lennon, Julio Iglesias, Willie Nelson, Rod Stewart e Carly Simon, dentre inúmeros outros.

"A música nos faz pensar em bons tempos,ou talvez em momentos que vivemos e fomos felizes,ou quem sabe algo que podiamos viver ainda?"

fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/As_Time_Goes_By





Número 002 : Casablanca (Casablanca, 1942)


» Direção: Michael Curtiz
» Roteiro: Murray Burnett, Joan Alison, Julius J. Epstein, Philip G. Epstein, Howard Koch
» Gênero: Drama/Romance
» Origem: Estados Unidos
» Duração: 102 minutos
» Tipo: Longa
» Trailer: clique aqui

» Sinopse: Rick é dono de um famoso bar localizado em Casablanca, no Marrocos Francês, durante a Segunda Guerra Mundial. A cidade é rota de fuga para quem deseja evitar os nazistas, onde passes livres são vendidos por um salgado preço no mercado negro. Neste caótico ambiente, Rick encontra Ilsa, com quem tivera um amor interrompido inesperadamente há algum tempo, em Paris. Vencedor do Oscar de Melhor Filme, Diretor e Roteiro, possui ainda uma das mais belas canções já compostas para um filme, "As Time Goes By".

fonte: http://www.cineplayers.com/filme.php?id=376


Casablanca

webcl061.jpg (37096 bytes)Como Tudo Começou: Até chegar ao roteiro que tornou o filme um clássico, a história de Casablanca percorreu um longo caminho. No verão de 1938, durante a ocupação européia, o escritor Murray Bumett visitou um café no sul da França que o inspirou no livro Everybody Comes to Rick's. Em 1941, ele o transformou em peça com a ajuda de Joan Allison. Antes de ela ser encenada, a Warner Bros comprou a história com o título de Casablanca. Ronald Reagan e Ann Sherldan foram cogitados para os papéis centrais. Mas, depois de Howard Koch escrever o roteiro, outro casal foi escalado.

Tema Musical: Todo admirador do filme curte a música tema, que Sam, interpretado pelo ator Dooley Wilson, toca para o romântico casal em Paris e, depois, é forçado a repetir para os saudosos amantes. Poucos sabem, no entanto, quem é o autor da triste canção. O compositor Herman Hupfield a fez, em 1931, para o musical da Broadway Everybody's Welcome. Max Steiner, responsável pela trilha sonora, queria substitui-la por outra de sua autoria.

Um dos momentos mais emocionantes do filme acontece depois que lisa reconhece Sam no Rick's Bar e pede para ele tocar a música que ouviram juntos em Paris:
- Play it, Sam.


A frase mais famosa do filme talvez seja a que nunca existiu. Em vez de dizer "Play it again, Sam" ( "Toque outra vez, Sam"), Rick apenas insiste para seu pianista repetir a música que ele havia tocado antes para llsa, dizendo o seguinte: "Se ela agüentou, eu também posso agüentar. Toque, Sam".

Outra frase antológica é a que encerra o filme, Depois de matar o major alemão que tentou impedir a decolagem do avião com lisa e Victor, Rick abraça o capitão Renault e afirma: "isso é o começo de uma grande amizade".

Alguns Custos do Filme: Após pagar 20 mil dólares pela história transformada no filme Casablanca, a Warner Bros ainda economizou com elenco. Michèle Morgan, uma das atrizes cogitadas para o papel de llsa, não foi escolhida porque pediu cachê alto demais: 55 mil dólares.

O produtor David O. Selznick emprestou Ingrid Bergman, que se preparava para interpretar Maria em Por Quem os Sinos Dobram/For Whom the Bell Tolls (1943). Ela aceitou o cachê de 25 mil dólares. Mesmo com custo baixo, o filme se tornou clássico e ganhou três Oscars: Filme, Diretor e Roteiro.




Meu comentário: Clássico.. e quem sou eu para julgá-lo. Quem nunca ouviu falar em Casablanca e nunca pensou em assistí-lo não sabe o que está perdendo. Um filme curto para nossos padrões atuais, simples e direto. Sam é um caso a parte... mal aparece no filme mas não sosseguei enquanto não escutei a famosa frase: " - Play it, Sam". O diálogo de Isla e Sam deve sempre ser lembrado:

Ilsa: Toque uma vez, Sam. Pelos bons velhos tempos.
Sam: Eu não sei o que você quer dizer, Senhorita Ilsa.
Ilsa: Toque, Sam. Toque "As Time Goes By".

Estou gostando dos filmes em preto e branco por sempre usarem sombras e focos de luz, como em Cidadão Kane, até imaginei o piano do Sam azul. Assitam Casablanca... é bm demais.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...